domingo, 6 de setembro de 2009

A linda casa da Julieta Burza...


Julieta Burza foi amiga de infãncia da tia Nair, irmã de minha mãe, que mora atualmente em Itaúna, perto de Belo Horizonte. Sempre foi diferente da turminha boa daqueles tempos, décadade 40: gostava de estudar, tinha talento para música. Minha tia conta que nas tardes de domingo, ela e outras amigas gritavam desse portão aí da foto: Julieeeeeeeeeeeeeeeta - eta - eta - eta. Ela vinha atender, convidava-as a entrar e punha-se ao piano. E todas a ouviam , em silêncio, com grande atenção.

Julieta formou-se professora pela Escola Normal de Ouro Fino, pela qual foi coroada, em onze de agosto de 1945, Rainha dos Estudantes. A seguir, o depoimento de Julieta que consta da dissertação de mestrado da professora Maria Célia Nascimento:

" Todos os Colégios de Ouro Fino apresentavam suas candidatas para a eleição da Rainha dos Estudantes. (Escola de Comércio, Ginásio Guararapes e a Escola Normal). Eu fui eleita pela Escola Normal. Naquele tempo as “Filhas de Maria” não podiam participar. Eu sei que não vou ganhar, dizia. Eu tinha que ir ao Clube, de vestido comprido, sendo “Filha de Maria”. Então a
Presidente da Irmandade das “Filhas de Maria” me disse: Você deve ir, sim. Foi uma festa maravilhosa! Meus pais me fizeram um vestido de renda branco com capa de organza. Era 11 de agosto, no jardim da minha casa tinha um pé de orquídea, eu falei: Vou pôr uma flor do lado. E coloquei uma orquídea lilás no meu vestido, ficou uma beleza!"

Julieta mora nesta casa desde criança. Pianista pelo Conservatório Carlos Gomes de Campinas (São Paulo). Bolsista do Conservatório Santa Cecília de Roma (Itália).Também se formou advogada. O irmão dela, Dr. João Burza, médico psiquiatra, especialista em Pavlov, estudou muitos anos em Moscou. Já falecido, foi um dos grandes amigos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Julieta e Joãozinho foram inclusive padrinhos de casamento de Fernando Henrique e Dona Ruth. Quando Dona Ruth morreu, Julieta compareceu ao seu velório, em São Paulo.

Meu tio Ângelo conta que na casa de Julieta tem dois pianos. Um deles na sala de visitas que tem em uma das paredes o retrato emoldurado de Umberto II, o último rei da Itália. O irmão Joãozinho tocava violino e viveu muitos anos fora do Brasil, exilado por motivos políticos. Dizem que a mãe, muito católica, sofria muito com o filho morando na Rússia soviética, "país comunista de gente que não acredita em Deus."

O livro acima é um estudo acurado das idéias do conhecido neurologista Pioter Anokhin, seguidor de Pavlov. Entre 1958 e 1984, o Dr. João Belline Burza trabalhou direta e intimamente com Anokhin, no Instituto de Filosofia Stchenov. Dessa convivência e cooperaçâo nasceu Cérebro, Neurônio, Sinapse, dirigido a médicos neurologistas e psiquiatras, além de fisiologistas, ciberneticistas e profissionais das áreas humanas, como psicólogos, antropólogos e sociólogos. O livro continua importante fonte de consultas de especialistas da área.

Minha mãe contava que quando Joãozinho ainda era estudante em São Paulo, quando chegava a Ouro Fino, em férias, era uma verdadeira festa. A mãe abria todas as janelas da casa, enfeitando-as com colchas rendadas e vasos de flores. Os irmãos, então, passavam horas tocando na janela de frente para rua para êxtase dos passantes.

Eu mesma,quando pequena, me encantava ouvindo Dona Julieta tocar. Invadíamos o jardim de casa em silêncio só para escutá-la melhor e brincar com os peixinhos de uma fonte pregada ao muro lateral. A fonte hoje não existe mais e nem o jardim é tão cuidado como nos meus tempos de criança.

Certa vez, eu já jornalista, em Brasília, participei de um jantar na casa de Fernando Henrique, na época, ministro da Fazenda. Ele me perguntou de onde eu era. Eu lhe disse que era de Ouro Fino e ele então, passou um tempão falando de seu grande amigo Joãozinho Burza, enaltecendo-lhe as qualidades pessoais e acadêmicas.

Um comentário:

  1. Meu nome é Ronald Lentino, e sinto-me enormemente gratificado por ler essas linhas, pois sem ter rmuita certeza de que iria encontrar alguma coisa sobre o Dr. Burza, Médico Psicanalista que durante muito tempo ouvi falar de seus estudos feitos na Rússia.
    O que ouvia vinha de meu tio Dr. Paulo Lentino, também Psicanalista de São Paulo onde morava e militava na profissão, embora tenha nascido em São João da Boa Vista perto de Ouro Fin. Daí talvez o conhecimento dos dois um, emérito Médico e Pesquisador radicado por muito tempo na Rússia e o Outro emérito Médico inovador no tratamento das Psiques e ferrenho seguidor do não menos famoso do Dr. Sigmund Freud. Assim sempre tive a curiosidade em saber o que se tem hoje sobre Dr Burza e aqui estou a lhe escrever essas linha dando conta do que levou-me a estar nesse seu blog lhe agradecendo pela oportunidade de ler alguma coisa sobre o que procurava, embora ainda muito pouco o que leva-me a solicitar: se tiver mais sobre o Dr Burza e puder, gostaria de receber o que possa ser-me útil. Com meus agradecimentos, Ronald Lentino.´. – ronald.lentino@gmail.com -

    ResponderExcluir