sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Rafaela é linda e tudo de bom!

Tem gente me cobrando registrar aqui a visita à Biblioteca de Ouro Fino, durante as comemorações da Semana do Livro, de 26 a 27 de outubro. Afinal, eu me propus a fazer essa visita. Mas, leitores, perdoem-me. Cheguei a Ouro Fino na terça ,27, à noitinha. Dia 28 foi o dia do Funcionalismo Público.

Deixei para ir à Biblioteca na sexta, 30. Acontece que postergaram, em Ouro Fino, a comemoração do Dia do Funcionalismo da quarta para a sexta. Em Brasília, ela foi antecipada da quarta para a segunda. Então, quando eu e minha prinma Glória Pellicano chegamos à Biblioteca... infelizmente ela estava fechada. Para nossa tristeza...

Pra minha sorte tenho uma correspondente em Ouro Fino. Tem nove anos, é inteligente, articulada no falar, linda. Ou seja, tudo de bom. Chama-se Rafaela Favilla Puttini e me contou direitinho parte das comemorações.

Na quinta, 29, Rafaela, acompanhada de sua turminha do quarto ano da Escola Nossa Senhora do Rosário, ali perto do antigo Capuchinhos, visitou a Biblioteca Municipal que funciona, como muitos de vocês sabem, no casarão histórico onde foi firmado o famoso Pacto Café com Leite ou Pacto de Ouro Fino, pelo qual a sucessão presidencial brasileira seria disputada alternadamente por representantes de São Paulo e Minas Gerais. Isso foi há bastante tempo, em 1913, durante a chamada República Velha.

Pois bem, a visita da turminha de Rafaela foi coordenada pelas professoras Josiane e Tatiane. E minha querida priminha ficou encantada com tudo que aprendeu. "Eu pensava que a gente só ia conhecer como funcionava uma biblioteca, mas a moça que nos recebeu nos contou a história da cidade e como aquela casa já foi importante. Visitamos os cômodos todos. Vimos documentos históricos. Além disso, recebemos uma ficha para nos cadastrar na Biblioteca e poder retirar os livros que quisermos ler. Também ganhamos, eu e meus colegas, um bonito marcador de livros", conta Rafaella.

Empolgada, Rafaela diz que adora ler, que gosta de livros com reproduções de pintores famosos como Monet. Além do estudo formal, faz teatro, inglês e espanhol. Diz que quer ser estilista (filha de peixa, peixinha é) e que quer aprender tudo sobre moda no Japão. Por que o Japão? Poderia estudar em Paris ou Milão. E ela me respondeu que tudo de mais avançado em tecnologia e moda está no Japão. Menina informada, não é mesmo? Ela me disse que adora a arte, a cultura japonesa. Que menina danadinha, em?

Mas não pensem vocês que com tudo isso na cabeça, a linda Rafaela se esqueceu de ser criança. Que nada! Perguntei-lhe qual a viagem que gostaria de fazer assim loguinho, antes de crescer, e ela me respondeu sem pensar: "Quero conhecer a Disney."

Na sexta-feira, 30, Rafaela e amiguinhas da escola, acompanhadas de muitas mamães e professoras foram conhecer o Parque da Xuxa em São Paulo. Ela me disse que adorou. Que a entrada é um grande livro, que a área é coberta e as paredes todas enfeitadas. Que teve show. Que tirou fotos com as Paquitas e... que almoçou no MacDonald's. Rafaella, é filha da Andrea Favilla e do Henrique Bailoni Puttini, empresários do ramo de confecções em Ouro Fino, e irmã do Lucca que tem 12 anos e sabe tudo de computador.

Um comentário:

  1. Adorei! Você, apesar de não participar, conseguiu tornar super interessante a semana do livro em OFino. Nos apresentou um menina gatíssima em todos os sentidos. Palmas prá ela e prá você.
    Sabe, outro dia fiquei pensando (eu penso!rss) que esta ligação de Minas com São Paulo é muito anterior ao Tratado do Café com Leite. A região foi terra dos bandeirantes, provavelmente dos filhos de Bartolomeu Bueno, digo provavelmente porque temos certeza somente quanto ao Felisberto Candido Rodrigues Bueno e as relações e acordos já aconteciam anteriormente.
    Vele uma entrevista com o Advogado José Antonio de Lemos, meu primo, em uma das vezes que v.for a OF. Com ele e com o Julinho Bueno Brandão.

    ResponderExcluir